Participa enviando para o mail saomartinhodeangueira@gmail.com as tuas fotos com as tuas histórias e nós blogamos.

S. MARTINHO DE ANGUEIRA (San Martino)

Área: 36,8 Km2.
Coordenadas: 41° 38' N 06° 20' W.
Densidade populacional: 9,8 hab./Km2.
População residente: 359 indivíduos.
Edifícios: 321.
Núcleos familiares residentes: 113.
Orago: São Pedro.

Terreno: Implantado num vale ao longo do Rio Angueira, é o único aglomerado e sede da Freguesia. No extremo norte do Concelho de Miranda do douro, confinante com território espanhol.
Acessibilidades: A acessibilidade a Miranda do Douro é garantida pelas E.M.'s 542 e 544, distando desta cerca de 25 km. A E.M. 542 possibilita ainda ligação ao exterior quer ao Concelho vizinho de Vimioso (lig. S. Martinho de Angueira - Avelanoso) quer a Espanha (fronteira de Três Marras) Alcanices.
Património: Igreja Matriz e a Capela do Stº Cristo, cruzeiros, um castro romanizado no seu termo e vestígios de arte rupestre no sítio do "Rebolhão. É, no entanto um aglomerado rural típico da região, onde predomina o xisto vermelho e o granito na estrutura
Actividades económicas: Agricultura, pecuária e comércio
Festas e Romarias: Santa Cruz (2 a 4 de Maio), N. Sra. do Rosário (Festa dos Pauliteiros) – (penúltimo dom. de Agosto) e S. Martinho (11 de Novembro)
Gastronomia: Posta mirandesa, churrasco de cordeiro, fumeiro
Artesanato: Cestaria, colchas, rendas, gaitas de foles, flautas castanholas, escanos, escultura em madeira.
Colectividades: Associação Cultural e Recreativa Amigos de S. Martinho, Associação de Caça e Pesca S. Martinhense, "FLORESTÁGUA" – – Associação de Produtores Florestais e Regantes , Cooperativa Agrícola de S. Martinho e Lar Paroquial.

Equipamentos sociais: a freguesia conta, há algum tempo, com um moderno Lar de Terceira Idade. Este, por sua vez, fica implantado na antiga “Cortinha da Abadia” e é distribuído por três pisos com ligação por elevador. Tem capacidade para vinte idosos em sistema de internato e trinta em sistema de externato. Neste último, os idosos contam com a assistência domiciliária e a limpeza de roupas. A freguesia possui também uma Casa do Povo que presta diversos serviços aos residentes. Neste edifício realizam-se, ao longo do ano, vários eventos culturais e desportivos de modo a reunir os habitantes.


Igreja Matriz


Este templo tem S. Pedro por orago.Interessa-nos sobretudo a sua espacialidade interior. O arco cruzeiro, datado de 1747, relaciona a capela maior com o corpo em cujas ilhargas se definem algumas capelas. No lado da epístola, a capela da Senhora do Rosário abre-se para a nave através de um arco pleno sobre pilastras de capitéis dóricos. No intradorso do fecho lê-se o cronograma de 1833. Já no lado do evangelho, alinham-se as capelas das Almas, junto ao presbitério, e a de Nossa Senhora da Purificação. Comunicando entre si, estes espaços abrem-se também para a nave pelo lançamento de dois arcos de grande vão que ou repousam em pilastras ou arrancam do pavimento, como acontece na capela da Purificação. Seja como for, a amplitude destas arcadas, implicam uma organização espacial muito próxima das soluções apresentadas por algumas igrejas de duas naves.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

lixo há mais de 9 meses!

(toma lá que já está)


Isto foi feito em Agosto na festa de S. Martinho... mas curiosamente o lixo continua lá nos caixotes do lixo...


é caso para dizer... se há tantos cuscas que não param de ver o que os outros andam a fazer... os tipos da Junta de Freguesia (Norberto, Luís e Vitorino) não tem tempo para ir despejar os caixotes do lixo do campo de futebol?! Isto já para não falar nos outros: (José Agostinho Afonso, Marcolino Augusto Fernandes, Alexandrina da Purificação Lucas, António Alberto Lucas Machado, José Joaquim Fernandes, Vitor Alves Gonçalves, Carlos Manuel Amoedo)


O blog é muito giro... mas também devem falar deste assunto assim como já falaram da placa encostada ao mineiro... deixo-vos aqui a foto tirada a 29 de Abril...


é caso para dizer: dá (MUITO) mau aspecto esta coisa aqui!

E podem mesmo colocar o meu nome: Hugo M Alves


nós acrescentamos e a limpeza da aldeia? ( iremos falar mais tarde desta questão)

22 comentários:

dd disse...

boa assim é que é.
não a inércia vamos dizer o que está mal construindo uma aldeia melhor. ou só é ir buscar o ordenado ao fim do mês e o que dão nas reuniões da assembleia.
vamos criar um movimento civico limpar sanmartinho.
ácabaram com os dias de caminhos talvez criar o dia da limpeza da aldeia. toca a tocar a rebate.
saudações sanmartineiras
el cordier

pedro afonso disse...

Ora la esta pensava que so eu criticava estas questoes mas afinal ha mais é assim mesmo.
Temos que dizer o vai mal sao 9 meses ainda virao outros tantos porque aquilo nao da dinheiro se nao ja nao esta la........
Na rua do Toural ha 1 figueira qualquer dia tapa a estrada mas ninguem do trio vé isso mas ha mais,se fosse malta nova a fazer isto era(é so garotada nao tem juizo sem vergonha) mas malta desta ha mais......
é so pa fregues ver

Hugo M Alves disse...

tou contigo Pedro!

fortunato disse...

Estou com todos. Não fossem os sapadores florestais que, uma vez por ano lá vão dando um jeito, a aldeia mais pareceria abandonada ao seu destino.

fortunato disse...

Estou com ambos. Vão decorridos quantos anos? (desde que esta junta tomou posse pela primeira vez)que a aldeia anda ao abandono. Não fossem os sapadores florestais que, pelas vésperas da Santa Cruz (e não todos os anos)vão dando um jeitinho às valetas por onde passa a procissão e, poderiamos afirmar que a aldeia está abandonada ou dedicada ao cultivo de cardos, silvas e afins.
Já uns tempos que andava para publicar este comentário mas, não queria ser eu a levantar o problema pois seria suspeito politicamente. A verdade é que há muitos outros problemas que, a maim, como sanmartineiro me afligem seriamente; querem ver um:
Concordem que me custou bastante iniciar a construção de uma carreira de tiro para todos os praticantes dessa modalidade (até porque eu sou anticaçador) mas, entendi que eles também têm direito a dar uns tirecos, que mais não seja aos pratos, dizia eu:iniciei-lhe a construção da carreira de tiro, seria meu gosto que aquela charca que ficaria imediatamente à rectaguarda dos atiradores (nas garitanhas) fosse preservada e para ela direccionadas as aguas pluviais desde as eiras de "penha lastra até esse local e, não é que, a mando da actual junta, segundo estou informado, agora serve de despajadouro de todos os lixos de construção civil e domésticos.
Se me enervo mais um pouco, um dia, carrego todo esse lixo e vou despejar à porta do presidente da Junta para ver se deixa de desfazer daquilo que outros fizeram ou tentaram fazer (e ele é caçador, note-se bem).

Rui disse...

Fortunato... também não nos esqueçamos da escola primária vendida que foi em que tempo?! ups... acho que toquei na ferida...

ah... e há pessoas que comem fruta e não tem mais e mandam-na para o meio da estrada ou para o terreno dos outros...

fortunato disse...

Ao pseudo rui:
1º dá a cara e depois comenta.
2.º se hoje fosse o autarca que fui e as circunstâncias fossem as mesmas ou até mesmo parecidas, venderia igualmente a escola. Todo o dinheiro da escola está investido no Edificio "Leader" e, portanto, venda e construção de que continuo a orgulhar-me. sobre a fruta: Não sei de que falas.

San Martino disse...

o que já foi, já foi e está feito e sempre bem feito.
por isso vamos todos construir e não destruir, afinal somos todos do mesmo bairro e não somos politicos de profissão.
ab. sanmartino

pica-a-mula disse...

Só é pena que não se tenha vendido tambem a casa da abadia, ao menos, o comprador ja a teria recuperado e não estava a meter nojo. Digo isto, por não estar com disposiçao, para voltar a entrar no ponto fulcral do desprezo total que sao martinho tem sido vitima doas foças locais... a ribeira. fiquem bem, saudações.

Johnny disse...

A casa da abadia teremos que pedir uns tostões ao Sr. Bispo ou quem sabe ao Papa para a recuperar, pois a mesma é pertença da igreja, não podemos deitar as culpas sempre aos mesmos, mesmo que eles tenham culpas no cartório.
A Junta gastou o orçamento de uns quantos anos na recuperação da igreja, no meu entender mal, pois não se devem misturar os poderes, mas já está, já está, não queiram agora gastar o orçamento de outros tantos anos na recuperação da casa da abadia, pois acho que esse dinheiro deve ser gasto dentro da aldeia, em limpeza, arranjos necessários e naquilo que seja de verdadeira utilidade pública.
Mas como esta vai ser a última junta, uma vez que a troika vai extinguir a maior parte delas, vão acabar as culpas de tudo e depois não há temas de discussão.

dd disse...

olá atodos;
a casa da abadia a direcção do lar já está a tratar disso, mas quantas casas da abadia há em sanmartinho só barracos esbarrulhados de uns e de outros, mas isso são de privados e não se pode mudar mentalidades de um dia para outro.
mas o que a junta faz ou deve fazer é da nossa responsabilidade pois votamos neles para fazer e não para estar a sombra a espera do rendimento. e mesmo que não tenhamos votado neles estes são obrigados a fazer e tratar da sua população foi por isso que se candidataram não há habitantes de 1ª e 2ª. por isso acho que devem limpar as ruas todas pois só limparam onde passa a procissão ou seja calças lavadas com cuecas sujas.
abraço el cordier

pedro afonso disse...

Ola pessoal pois tambem tou contigo DD certas mentalidades que falaste nao se mudam nunca"a de estar a sombra a espera do rendimento" é pra isso que la estao nao é por ti por mim e pelos samartineiros.
Ainda bem que temos duas prociçoes por ano mas a rota é sempre a mesma,tem que desculpar os da veiga cabeço ribeira etc...
So lamento que o tiu Pereira vendesse os burros

Rui disse...

Fortunato:

- e foi a hasta publica? foi a leilão? o povo de s. martinho teve conhecimento de tal situação?! ou só quando o negocio estava feito é que depois as pessoas souberam?!

a lei manda isso...

San Martino disse...

ó sr. rui assim não vamos a lado nenhum.....
construir é o que é pedido, para quê estar a espera do d. sebastião.
abraço sanmartino

Rui disse...

Até parece que não gostam do que está a ser escrito... enquanto não souber a VERDADE não vou descansar!

Porque a venda da antiga escola sempre me cheirou muitoooo malllll!!!!

fortunato disse...

Caro pseudo Rui:
Quando quizeres cópia dos editais a dar publicidade à venda da antiga escola e cópia da acta da adjudicação ao arrematante,solicita as peças ao actual executivo local. Se eles não te fornecerem tais elementos faço muito gosto em ser eu a dar-te cópia,desde que te identifiques e uma vez que quando deixei tais funções, previamente me forneci com duplicados de todos os importantes documentos (nomedamente actas),porque já previa este tipo de insinuações. Então caberia na cabeça de alguém vender um imóvel que não como manda a regra? Estás muito cru.Toma juizo.

Zé Luis terron disse...

Quanto aos barracos velhos... Vou dizer o seguinte: se a camara de miranda tivesse tido a atitude que outras camaras do interior tiveram; dar incentivos para a recuperação dos mesmos... talvez o cenario fosse diferente. Mas a camara de miranda, não só não dá incentivos, como ainda levanta montes de obstaculos. Talvez o fmi, tambem ponha fim ao concelho de miranda e assim ficamos anexados ao concelho de vimioso que, no meu entender, tem melhores condições sociais para os seu municipes.

Zé Luis terron disse...

Fortunato, acho que não te vale a pena gastares o teu "latim" a explicares nada, de coisa nenhuma, a quem supostamente nem existe. Isso é igual que chover no molhado.É muito facil mandar bitates"conversas da treta" e esconder-se por tras de um nome ficticio. A esse tipo de atitude, chama-se de (pura cobardia). Se estás de consciencia tranquila, manda a esse -rui-, dirigir-se às actuais forças representativas politicas locais e que apresente provas evidentes, das duvidas que lhe assistem. A junta de freguesia, pode mudar de cor politica, de elementos que a representam, mas não pode mudar as leis vigentes que a regem, segundo constam da constituição.

Zé Luis terron disse...

Se é para falar mal; então vamos falar mal: no meilhogar, antes havia uma valeta, a qual causava um certo mau aspeto e um transtorno à circulação, fosse de que forma fosse. Houve uma intervenção de melhoramento no local, foi colocado um tubo de escoamento de aguas pluviais e repavimentou-se a calçada, ficando nivelada no seguimento da rua em questão. (rua principal de São Martinho). Não sei se por exigência, por incompetencia, por influência ou proputência de alguém...!!!! Pasmem-se.... como se a camara não tivesse outras obras de maior necessidade de intervenção; chegou ao dito local e abriu de novo a valeta...!!

Zé Luis terron disse...

Em agosto de 2009, houve un incêndio na torrezilha, o Sr Artur Nunes, ainda na oposição, presenciou um facto desolador; o helicop. ia a çuda buscar agua, mas so colhia pedras, porque a agua estava nas çudas de Sãojoanico. São Martinho, apenas serve de passagem a um rio que só tem utilidade, desde que entra no concelho de vimioso. Na altura criticou a presidencia da altura, pelo estado deploravel da ribeira, mas tenho a ceteza que desde que foi eleito, jamais se lembrou de tal triste cenário. Se a "obra feita em São martinho" aquela que ex presid da camara invocaram em campanhas eleitorais, (a çuda da negra)... se a mesma não tivesse sido feita, vai para uns 40 anos, "ainda nos tempos da ditadura", presentemente, nem lama para procriação de ranacalhos havia.

Hugo M Alves disse...

Voltando há notícia em si... do lixo... de referir que no passado fim-de-semana o lixo continuava lá... é caso para dizer que o aviso lançado por mim não foi tido em atenção... mas se no início de Maio ainda se conseguia andar pelo "campo de futebol" agora com o trevo é impossível...

Zé rauta disse...

Épa épa Zé Luis tu deves a estar a preparar para as prossimas elições da Junta de Freguesia...............ZÉrauta

Cuntas san martineiras - São Pedro 2008

Galeria de fotos do São Pedro 2008

Fotos do almoço anual de confraternização da geração de 1950